21h10

Natal a Fortaleza de Jipe ou Buggy uma aventura pelas praias

jipe-4x4.jpg

Prepare-se para esta aventura, num dos mais belos e emocionantes roteiros pelas praias do Rio Grande do Norte e Ceará.

Aí encontraremos uma imensa diversidade geográfica. Rios, dunas, mangues, falésias, coqueirais, carnaubais, sal, petróleo, mar e sertão convidam você a sentir-se numa outra dimensão de tempo e espaço, tudo isto a bordo de um confortável Land Rover.

A cada praia, um novo visual. Falésias, coqueirais, cenários tropicais e áridos, provando que nesse trecho do litoral brasileiro a diversidade ambiental é uma realidade constante.Tradicionais vilarejos de pesca e a simplicidade de seu povo, agregado a um serviço de altíssima qualidade, trarão aos viajantes o prazer de conhecer um pedaço da costa brasileira que ainda parece estar com um pé no passado.

Roteiro dia-a-dia

roteiro descrição

1º Dia – Cidade de origem/Natal

Chegada em Natal.
Assistência no aeroporto e transporte para o hotel escolhido em Natal.
Acomodação em Natal no Hotel escolhido.

 

2º Dia – Natal

Dia Livre.
Possibilidade de efetuar passeios opcionais. Contatar nosso receptivo local.
Acomodação em Natal no hotel escolhido

 

3º Dia – Natal / S.Miguel do Gostoso

Saída de Natal em horário a combinar, seguiremos por cerca de 1 hora pela estrada até a altura de Muriú onde iniciaremos o passeio pelas praias do litoral. Passaremos por Barra de Maxaranguape, onde uma balsa artesanal fará a travessia desse rio. Após a travessia, seguimos até o Cabo de São Roque e Ponta Gorda. No Cabo de São Roque, veremos a “Árvore do Amor” com sua formação influenciada pela ação constante dos ventos. Diz a lenda que, os casais que passam por essa árvore, jamais se separam. Teremos também o visual do Cabo de São Roque, um dos pontos mais oriental da costa brasileira, com maior proximidade do Continente Africano. Subiremos as Dunas de Ponta Gorda, onde teremos um mirante natural, podendo admirar uma enseada de beleza única, com uma praia selvagem repleta de imensos coqueirais.
Descendo a duna de Ponta Gorda, atravessaremos mais esse trecho de praia até o outro lado, onde será necessário subir uma íngreme duna para prosseguir com o trajeto. Trafegando sobre as dunas, é possível reparar a vegetação presente, característica de restingas, com folhas mais grossas e arbustos baixos. Muitos coqueiros também integram o visual impressionante desse ponto da nossa costa.
Nesse momento, devido a barreiras geográficas naturais, pegaremos um pequeno trecho de estradas de asfalto e terra. Pouco mais a frente, voltaremos a entrar na praia, dessa vez em Caraúbas. Esta é um agradável e pacato vilarejo de pescadores, que no período de férias, transforma-se numa cidadezinha bem agitada pelos veranistas. Seguiremos pela praia até entrarmos na região de Maracajaú. Nesse trecho, as praias são bem mais planas e sem indícios de vegetação na área de pós praia, apenas dunas extensas são encontradas. 
Passaremos por mais uma grande extensão de praias, dentre as quais podemos destacar, Pititinga, Zumbi e Perobas, onde já se evidenciam as primeiras grandes falésias. Em Perobas, no meio de tantos coqueiros, um especialmente deitado é um convite a uma fotografia “caribenha”.
Continuaremos subindo a costa, agora com direção a Touros. Touros é uma pequena cidade muito bonita e charmosa, repleta de atrativos culturais e históricos, como os canhões deixados pela Coroa Portuguesa e que nunca dispararam um só tiro. A Igreja e o Museu de Arte Sacra são mais alguns atrativos de relevante interesse.
Chegaremos ao Farol de Touros, extremamente importante para a Navegação, pois indica a “Esquina do Continente Americano”. Teremos uma visão da Ponta do Calcanhar (onde o continente literalmente faz a curva, deixando de ser voltado para leste e passando a ser voltado para norte). “Marque no mapa e diga, eu estive exatamente aqui!!”, não tem erro.
Conheceremos o Marco Zero da BR-101, também em Touros. Ali começa essa importante rodovia federal, que só tem seu final em Torres, no Rio Grande do Sul.
Seguiremos pelas praias de Cajueiro e Lagoa do Sal, onde poderemos verificar a importante presença de colónias de pescadores com dezenas de jangadas no mar e muitas cabanas na areia.
Em Lagoa do Sal, após sairmos da praia, poderemos admirar uma duna muito alta e muito bonita ao lado esquerdo e, depois da duna, uma Lagoa bem extensa, que deu nome a praia. Seguiremos pela estrada por mais alguns metros até entrarmos novamente na praia, seguindo pela Enseada dos Amores e São José, até a Ponta do Santo Cristo. Essa região da Ponta do Santo Cristo é considerada, atualmente, um dos melhores pontos para a prática de esportes náuticos com vento (Wind Surf, Kite Surf). Praticantes do mundo inteiro, procuram nessa enseada, as condições ideais de vento e águas calmas, para a melhoria das técnicas. É muito comum dividir um espaço na areia com pessoas das mais variadas nacionalidades.
Enfim, chegamos a São Miguel do Gostoso.
Sugerimos que almocem no Restaurante da Pousada dos Ponteiros. Pratos de frutos do mar podem ser degustados, todos preparados com uma qualidade impressionante.
A dica é acomodar-se na pousada e tomar um belo banho de mar, aguardando o pôr-do-sol. Nessa hora, o cenário formado pelas cores do céu trazem uma sensação de estupefação e contentamento, pois sabemos que estamos num lugar especial.
A noite, sugerimos que conheçam o Madame Xita. A decoração é simples, rústica e muito charmosa. O ambiente é de total descontração, com uma cerveja gelada e bons petiscos e crepes.
Acomodação em São Miguel do Gostoso na Pousada escolhida.

 

4º Dia – São Miguel do Gostoso / Galinhos

Sairemos de São Miguel no horário indicado pelo condutor da viagem, pois é necessário respeitar os horários da maré para que tenhamos uma maior aproveitamento do percurso, sem comprometer a segurança do passeio.
Seguiremos pela Praia da Xepa com direção a Tourinhos. Será possível evidenciar a mudança drástica que já começa a ocorrer no tipo de praia. O trecho percorrido até chegarmos a Tourinhos é uma Praia rochosa, sem areia, com uma vegetação seca e rasteira, repleta de cactos.
Um pouco mais a frente, será possível uma vista fantástica no que se convencionou chamar de Mirante Natural de Tourinhos. Esta é uma das vistas mais fantásticas de todo o passeio. Aproveite para tirar muitas fotografias. Mas cuidado, não perca muito tempo e ouça as instruções do condutor do veículo, uma parada mais demorada pode comprometer a visita em demais pontos.
Seguindo pela Praia de Tourinhos, veremos o “Suspiro da Baleia”. Trata-se de uma rocha a beira-mar que, quando atingida pelas ondas, lança através de uma fenda um jato de água para cima, lembrando o burrifo de uma baleia.
Continuando o trajeto, teremos mais uma extensão de litoral até chegarmos à Praia do Marco. Nessa praia, os colonizadores portugueses colocaram uma pedra com o símbolo da Coroa Portuguesa, deixando claro a todos os que pudessem tentar invadir o Brasil, que este novo continente já tinha dono. Chama-se esse monumento de “Marco do Descobrimento”.
Retomando o percurso, seguiremos dessa vez até a Ponta dos Três Irmãos. Com a maré ideal, será possível passar pela praia e ver de baixo, as formações rochosas que cercam essa rica faixa de areia. Se a maré não permitir, passar por cima é igualmente impressionante, pois teremos um belo mirante que nos dá a real dimensão da imensidão dessa praia bem rochosa.
Um pouco mais a frente estará Caiçara do Norte. Esta praia é hoje em dia, uma das mais importantes colónias de pescadores do estado do Rio Grande do Norte. Uma centena de jangadas e barcos pesqueiros ficam parados em frente a praia, aguardando o horário ideal da pesca.
Seguiremos pela praia até entrarmos nas Dunas de Galos. Não é nenhum exagero comparar as Dunas de Galos a uma pequena amostra dos Lençóis Maranhenses. Nos meses chuvosos, até lagoas se formam por entre os paredões arenosos.
Passaremos pelas Dunas do Capim, tendo uma vista do braço de mar que se estende restinga adentro. O visual da Ilha das Cabras, no meio do braço de mar, também é muito bonito.
Para almoçar, sugerimos que degustem bons pratos na Pousada Chalé Oásis. Com frutos do mar sempre frescos e bem preparados, toda opção do cardápio é bem-vinda. Por ser de propriedade de uma Portuguesa, a culinária de sua terra natal também é muito bem representada no cardápio. Boas opções não faltarão.
Galos e Galinhos são pequenos vilarejos situados sobre uma pequena península. Na ponta dessa península, o farol de Galinhos é um importante auxílio aos navagadores. O pôr-do-sol próximo ao farol é, assim como no primeiro dia da viagem, indescritível.
A noite, beber um drink degustando bons petiscos na Pousada Bresil Aventure é incontestavelmente um excelente programa. De frente ao mar, cuidado apenas para não se molhar com o batimento das ondas na praia.
Acomodação em Galinhos na Pousada escolhida.

 

5º Dia – Galinhos / Canoa Quebrada

Esse terceiro dia é um pouco diferente dos demais dessa viagem. Nele, será possível conhecer uma outra realidade do Nordeste Brasileiro, com evidências bem claras da proximidade do Sertão com o mar, através da presença de uma vegetação extremamente seca e composta por arbustos retorcidos.
Sairemos de Galinhos percorrendo a praia até Galos, pois precisaremos contornar a península até atingirmos o continente. Será necessário atravessar uma imensa Salina que produz toneladas de sal para exportação. Nessa região, o clima e a vegetação são ainda mais áridos. Pegaremos a estrada do óleo em direção ao Ceará. Essa estrada recebeu esse nome devido ao fato da constante presença dos “cavalinhos” da Petrobras. Esses equipamentos são bombas de exploração dos muitos poços de petróleo existentes nessa região. São centenas de poços ao longo da estrada o que mostra a riqueza do solo nessa região do país.
Continuaremos percorrendo um trecho de estrada até Alto do Rodrigues e Entroncamento, para então atravessar o Rio Açú. Nesse ponto do passeio será possível voltar a trafegar pelas praias. Entraremos na Praia do Rosado, já próximo ao fascínio de Ponta do Mel. Subiremos em direção à sede da APA das Dunas do Rosado, onde pararemos para caminhar um pouco nas imensas dunas. A impressão que se tem é a de estar em meio ao Deserto do Saara. A coloração da areia é avermelhada criando um cenário impressionante.
Voltaremos para a praia seguindo para as falésias de Ponta do Mel. Subiremos as falésias formadas por rochas bem escuras, quase roxas, até o mirante das Cruzes. Nesse local, alguns filmes sobre a vida de Jesus Cristo foram feitos. A paisagem que se vê de lá é impressionante!!!
Retornaremos para o litoral onde seguiremos até Morrinhos e Carnaúbas. Pouco mais a frente, no Mirante do Santo Cristo, existe um cemitério municipal muito curioso. No passado, esse cemitério não possuía muros, até que um prefeito mandou cercá-lo. A população mais antiga e ainda influenciada por costumes indígenas, passou então a enterrar seus entes queridos ao lado de fora de muro. A justificativa é que a alma precisa estar livre para seguir seu caminho.
Pouco mais a frente chegaremos às Dunas de Redonda e, por fim, Areia Branca. O litoral em Areia Branca possui declividade muito baixa e, por isso, baixa profundidade. Importantes navegações precisam atracar no porto local para exportação de sal. Com o passar dos anos e a melhoria da tecnologia naval, os navios ficaram maiores e mais pesados, o que os impediu de atracar nessa região. A solução encontrada foi a contrução do Porto Ilha. Considerada uma das maiores construções da Engenharia Naval no mundo, o Porto dista cerca de 14km da costa e funciona a pleno vapor.
Atravessaremos a Balsa de Areia Branca por meia hora até Grossos. Seguiremos por Tibau do Norte, última praia do litoral norte riograndense antes do Ceará. Passaremos por diversas praias do Ceará como Peixe Gordo, Melancias de Cima , Icapuí, Ponta Grossa.
Sugerimos o almoço no Restaurante Pantanal, na Praia de Ponta Grossa. Considerado como possuidor do melhor prato de lagosta do Brasil, conta também com files de peixe (comumente chamado como “A PICANHA DO MAR”) e outras opções para aqueles que não apreciam frutos do mar.
Após o almoço, seguiremos por Perobinhas e Pernambuquinho, até chegarmos a Canoa Quebrada. Deixe suas bagagens no Hotel e volte para a Duna do pôr-do-sol, mais um momento mágico está garantido. O mais difícil será eleger qual foi o mais bonito de todos.
A noite, uma excelente pedida é andar pela Broadway, com seus bons restaurantes e bares. Dependendo da disposição, alguns desses bares seguem madrugada a dentro servindo bons drinks para acompanhar uma boa conversa.
Acomodação em Canoa Quebrada na pousada escolhida.

 

6º Dia – Canoa Quebrada / Fortaleza (21 praias)

Sairemos de Canoa Quebrada em horário indicado pelo condutor, seguindo cerca de 40km pelo asfalto até Parajuru. Esse deslocamento por estradas é necessário pois o trecho desse litoral é repleto de manguezais e pedras, o que impossibilita o deslocamento pela praia.
Chegando a Parajuru, pegamos novamente o litoral passando por Canto Verde e Barra do Sucatinga até chegar na Praia das Fontes e em seguida em Morro Branco. Essas praias são famosas por suas fontes de água saindo das falésias. Em morro branco teremos o monumento das falésias e boas barracas para apreciar petiscos.
A partir daí, continuaremos seguindo pelo litoral onde será necessário atravessar duas balsas, uma em Barra Nova e outra em Barra Velha. Passaremos por Caponga, Prainha até chegarmos no Beach Park, já em Fortaleza.
Desembarque em Fortaleza e restante do dia livre.
Acomodação em Fortaleza no Hotel escolhido.

 

7º Dia - Fortaleza

Dia livre. Possibilidade de realizar passeios opcionais. Contatar nosso receptivo local.
Acomodação em Fortaleza no Hotel escolhido.

 

8º Dia – Fortaleza / cidade de origem

Em horário a combinar transfer para o aeroporto, embarque para a cidade de origem.
Fim dos nossos serviços.


Serviços Inclusos

- Transfers de acordo com o itinerário.

- Passeio de Natal a Fortaleza, de Land Rover ou buggy pela praia

- 02 noites de hospedagem em Natal no Hotel escolhido.

- 01 noite de hospedagem em Fortaleza no Hotel escolhido.

- 01 noite de hospedagem em São Miguel do Gostoso na Pousada escolhida.

- 01 noite de hospedagem em Galinhos na Pousada escolhida.

- 01 noite de hospedagem em Canoa Quebrada na Pousada escolhida.

- 02 noites de hospedagem em Fortaleza no Hotel escolhido.

- Acompanhamento de guias

Hotéis e pousadas
GALERIA de fotos
Galeria Galeria Galeria Galeria Galeria Galeria

Outras galerias
DEPOIMENTOS gostou?

Edgar Kiyoaki Hanashiro Bayer S/A - São Paulo/SP